Pedreiro reparador. Reparo de edifícios e pequenas obras

O pedreiro reparador é um profissional que executa atividades de manutenção e reparos nas edificações. Esse profissional em geral tem formação e experiência básica como pedreiro, ladrilheiro, pintor, ou exerce também outras funções dentro do obra. Na atividade de reparos, acaba fazendo um pouco de tudo, daí a importância de conhecer pelo menos as ocupações básicas que compõem a construção civil. Assim, um primeiro aspecto importante dessa ocupação de pedreiro reparador é que ela faz um resumo e um fechamento de todas as outras ocupações (funções).


Mas essa ocupação traz também um assunto novo, que é o da patologia das
construções.

O reparador lida com as patologias, isto é, com os problemas da construção, devendo aprender a conhecer suas causas, como corrigi-las adequadamente e como evitá-las em novas obras. Essa área está hoje bastante desenvolvida, e já é considerada uma ciência da construção.

É importante que o pedreiro reparador, tenha um conhecimento básico relacionado aos mais variados, tais como: trincas e fissuras em alvenarias e  revestimentos, descolamentos de revestimentos cerâmicos e problemas de pintura. Para cada um desses tipos de problemas – patologias, o profissional deve ser capaz de avaliar os “sintomas”, dar uma explicação de suas causas possíveis (diagnóstico), bem como, apresentar e executar as devidas correções (reparos).

ATENÇÃO

A patologia é  uma área de engenharia especializada, e em crescimento.

O pedreiro reparador poderá ter como possibilidade de trabalho o emprego em empresas especializadas, onde terá treinamento apropriado. Outra possibilidade é trabalhar como profissional autônomo. Nesse caso, deve-se lembrar que o que oferecemos aqui são somente algumas noções gerais sobre o assunto (reparo de edifícios). Assim, é fundamental para o reparador:

  • adquirir primeiro a experiência com as ocupações tradicionais da construção, como as vistas no Manual da Construção Civil (principalmente pedreiro, ladrilheiro e pintor);
  • quando começar a trabalhar com reparos, fazê-los somente em casos simples, em pequenas construções, que não envolvam problemas estruturais e
  • sempre, em caso de dúvida, recorrer a profissionais mais experientes
    ou especializados.

Add Comment