Como cuidar das plantas e do jardim

Preparar e adubar a terra, combater pragas, aparar a grama, podar e regar plantas, limpar o terreno são as principais tarefas executadas em um jardim.

É claro que o trabalho de jardinagem vai depender muito dos tipos de plantas que decoram o terreno. Algumas exigem mais cuidados que outras.

Aqui você vai ter as noções básicas para poder cuidar de um jardim, como preparar o solo, combater pragas, podar plantas etc.

Como cuidar das plantas e do jardim

Como cuidar das plantas e do jardim

Preparar e adubar a terra

Para que as plantas cresçam, o solo tem de estar bem preparado. A adubação é o meio de enriquecer o solo com nutrientes. O adubo pode ser orgânico (de origem vegetal ou animal como: cascas de vegetais, húmus de minhoca, esterco de gado, farinhas de osso etc.) ou inorgânico, produto de origem química que é comercializado pronto para uso com efeito mais rápido, embora devam ser usados com cuidado pois são tóxicos. A indicação é adubar mensalmente o jardim, diminuindo a freqüência no inverno, quando as plantas estão “em fase de dormência”.

Para as plantas que estiverem em época de floração, usa-se farinha de osso. Plantas de vasos sentem mais falta de adubo, por isso a indicação é que seja feita adubação mensal de acordo com a quantidade estabelecida na embalagem do produto.

Combater pragas

A maneira mais eficiente de evitar pragas é verificar detalhadamente caules, folhas e flores toda vez que cuidar do jardim. Quando as pragas são identificadas logo no início, o problema pode ser resolvido de maneira simples. Se as pragas tomarem conta da planta, será necessário usar produtos químicos, geralmente muito tóxicos.

Talvez você se interesse por:  Limpeza e desentupimento de ralos e sifões

Podar as plantas

Os cortes mais radicais devem ser feitos no inverno. Nas outras estações do ano, são indicadas pequenas podas de manutenção, que retiram galhos e folhas secas. Deve-se usar tesouras próprias para poda, nada de facas ou quebrar os galhos com a mão.

Cortar a grama

O equipamento a ser usado dependerá do tamanho do terreno. Para grandes extensões, existem pequenos tratores movidos a combustível e é preciso um bom controle de direção para usá-lo. Para lugares menores, o equipamento mais comum é o aparador de grama doméstico – leve, de fácil manuseio e movido a energia elétrica.

Limpar o terreno

Uma vassoura própria para grama e jardim, uma pá de lixo e uma lixeira com saco plástico resolvem o problema. Para que o jardim fique com boa apresentação, o ideal é limpá-lo todos os dias ou numa periodicidade que mantenha sua boa aparência.

Regar as plantas

A rega deve ser frequente e de preferência de manhã cedo ou no final da tarde, quando o sol está ameno. Na primavera e no verão, o ideal é regar as plantas todos os dias. No inverno, a cada dois dias. As plantas ficam com aparência saudável e mais resistentes depois da rega, mas, quando a água é demais, elas murcham, apodrecem e perdem vida. Recomenda-se água na temperatura ambiente e com jato fraco para não machucar as folhas das plantas e nem tirar terra dos vasos. Lembre-se sempre: é melhor molhar com frequência e pouca água.

Talvez você se interesse por:  Como preservar o seu meio ambiente

Dicas de jardinagem

Para saber se a planta de vaso necessita de água, pressione o dedo na terra. Se ele ficar sujo, com partículas aderidas, não está na hora de molhar. Se o dedo ficar limpo, apresentando apenas uma poeira seca, está na hora de regar.

Há plantas de caules longos que precisam ser amarradas para que não quebrem. A amarração deve ser feita com delicadeza, de modo que não machuque os ramos. Por isso é melhor enlaçá-los formando um “8” deitado com o barbante ou o fio. Assim, cada ramo fica circundado pela amarração.

Nunca deixe acumular água nos pratos sob os vasos, para impedir que as raízes apodreçam e evitar a dengue (Doença causada por um vírus e transmitida pela picada do mosquito, o Aedes aegypti. O mosquito se desenvolve em água limpa e parada).

Envie este artigo para seus amigos!

Um Comentário

  1. Walter Lopes 29 de janeiro de 2017

Add Comment