Dosagem e tabela prática para traço do concreto

Dosar um concreto consiste em determinar a proporção mais adequada e econômica, com que  cada  material  entra  na  composição  da  mistura,  objetivando  as  propriedades  já identificadas para o concreto fresco e endurecido.

Dosar, é portanto, procurar o traço que atende as condições específicas de um projeto, utilizando corretamente os materiais disponíveis.

Traço é a maneira de exprimir a proporção dos componentes de uma mistura.

Genericamente, um traço 1:m:x significa que para uma parte de aglomerante deve-se ter m partes de agregados, que pode ser somente miúdo, como no caso das argamassas, ou miúdo e graúdo, como nos concretos e x partes de água

O  traço  pode  ser  medido  em  peso  ou  em  volume.  Geralmente  quando  não  está
expressa de forma clara a unidade, supõem-se que esta medida seja em peso. Se o traço for em volume deve ser indicado. Frequentemente adota-se uma indicação mista: o cimento em peso e os agregados em volume.

Exemplos de traços para concreto para 1 kg de cimento.

  • 1:a:p
    • onde: a = peso de agregado miúdo para 1 kg de cimento.
    • p = peso de agregado graúdo para 1 kg de cimento.
  • 1:a”:p” em volume
    • onde: a” = volume de agregado miúdo.
    • p” = volume de agregado graúdo.

A dosagem do concreto pode ser não experimental ou experimental

Na dosagem não experimental o engenheiro baseia-se na sua experiência profissional
ou em tabelas confeccionadas com base em outras obras realizadas.

Saiba mais  Concreto: Escolha e Cuidados com o Material

Na dosagem experimental o engenheiro baseia-se nas características dos materiais, nas
solicitações mecânicas a que estará sujeito o concreto e nas implicações inerentes a cada obra.

Assim sendo, é levado em conta as cargas que vão atuar na estrutura, as dimensões da peça, os  processos construtivos bem como as  condições do meio em que vai ser implantada a construção.

A NBR 6118/78, antiga NB 1, só permite a dosagem não experimental, para obras de pequeno vulto, às quais deverão respeitar as seguintes condições:

  •  quantidade mínima de cimento por m 3  de concreto de 300 kg;
  • proporção de agregado miúdo no volume total do agregado entre 30 a 50%, fixada
    de maneira a se obter um concreto de trabalhabilidade adequada ao seu emprego;
  • quantidade  de  água  no  volume  total  de  concreto  entre  7  a  10%,  mínima
    compatível com a trabalhabilidade necessária.

Tabela prática para traços de concreto

Tabela prática para traços de concreto

Para o caso de grandes obras, a dosagem experimental é a única aceitável, isto porque,
os materiais constituintes e o produto resultante são ensaiados em laboratórios.

Uma dosagem experimental, de modo geral, é orientada pelo seguinte roteiro:

  •  caracterização precisa dos materiais;
  • estudo das dimensões das peças a concretar;
  • cálculo da tensão de dosagem (resistência de dosagem);
  • determinação do fator água/cimento;
  • estabelecimento do traço inicial;
  • estabelecimento do traço final

Existem, atualmente, um grande número de métodos de dosagem de concreto adotados
no  Brasil.  Essa  variedade,  entretanto,  não  deve  ser  considerada  contraditória,  pois  muitos deles consideram condições específicas de aplicação.

Saiba mais  Dosagem do concreto o que é? Para que serve?

O  método  de  dosagem  que  será  desenvolvido  neste  trabalho  nos  parece  o  mais
apropriado  para  o  uso  específico  em  obras  rurais  dada  a  facilidade  de  entendimento  e aplicação.  Será  um  método  de  dosagem  parcialmente  experimental,  que  considera  o  maior número de parâmetros possíveis, permitindo ao engenheiro fabricar um concreto que garanta o  máximo  de  rendimento  dos  materiais  disponíveis  com  as  características  de qualidade desejadas.

Add Comment