Login

Processos de soldagem: soldagem manual com arco elétrico

Soldagem manual com arco elétrico é um sistema que utiliza uma fonte de calor (arco elétrico) e um meio gasoso gerado pela combustão de revestimento do eletrodo, mediante o qual, é possível a fusão do metal adicional e a peça.

Esse processo realiza-se por intermédio do circuito elétrico.


Processo de soldagem manual com arco elétrico

A fonte de energia para soldar provem de uma máquina de corrente contínua (CC) ou corrente alternada (CA), a qual forma um circuito elétrico, por meio dos fios condutores do eletrodo à peça.

Esse circuito fecha-se pelo contato da peça com o eletrodo.

O arco formado é a parte em que o circuito encontra maior resistência e é o ponto onde se gera a fonte de calor.

A alta temperatura gerada no arco permite a fusão do metal base e a vareta adicional.
Essa temperatura permite também a combustão dos elementos componentes do revestimento que, ao gasificar-se, cumprem diversas funções, tais como: desoxidar, eliminar impurezas, facilitar a passagem da corrente e especialmente proteger o metal fundido das influências atmosféricas.

Esse sistema caracteriza-se por sua versatilidade e economia. Pode ser aplicado na união de diferentes metais, em trabalhos pequenos ou de grande envergadura.

O funcionamento desse processo deverá ajustar-se as indicações técnicas exigidas pelo metal a soldar e os eletrodos á serem utilizados.

Basicamente existem três tipos de fontes de energia que são:

  • Transformadores (CA);
  • Retificadores (CC);
  • Geradores (CC).
Talvez você se interesse por:  Funções dos revestimentos dos eletrodos

Corrente contínua (CC) – Exemplos: Dínamo de automóvel, bateria, pilha de rádio, gerador para soldar.

Corrente alternada (CA) – Exemplos: Iluminação residencial, transformadores para soldar.

Transformador

Transformador elétricoAparelho elétrico que transforma a corrente alternada, baixando a tensão da rede de alimentação a uma tensão e intensidade adequada para soldar. Esta corrente alternada de baixa tensão (6 volts a 75 volts no vácuo) e de intensidade regular, permitindo obter a fonte de calor necessária para a soldagem.

É um núcleo composto por lâminas de aço ao silício e por dois enrolamentos de arame (bobinas), o de alta tensão, primário, e o de baixa tensão, secundário.

A corrente elétrica que circula pelo primário gera um campo de linhas de força magnética no núcleo. Esse campo, atuando sobre o enrolamento secundário, produz uma corrente de baixa tensão e alta intensidade, a qual se aproveita para soldar.

Vantagens e desvantagens dos transformadores

Vantagens

  • Baixo custo de aquisição;
  • Maior duração e menos gasto de manutenção;
  • Maior rendimento e menor consumo vazio;
  • Menor influência do sopro magnético.

Desvantagens

  • Limitação no uso de alguns eletrodos;
  • Dificuldade para estabelecer e manter o arco.

Retificador

Máquina de solda retificadoraÉ uma máquina que transforma a corrente alternada em contínua pulsatória, muito semelhante à corrente do gerador.

A aplicação dessa classe de corrente permite realizar soldagens com qualquer tipo de eletrodo.

É constituído por um transformador e por um retificador.

Possui também um ventilador para a refrigeração das placas retificadoras.

Talvez você se interesse por:  Processos de soldagem: solda MIG MAG

Os retificadores mais usados e de maior efetividade são os de diodos de silício.

Vantagens dos retificadores

  • Dispõe de corrente alternada e contínua;
  • Fornece corrente de estabilidade e de afinada regulagem, especialmente nas ordens baixas;
  • Permite carga uniforme nas primeiras três fases de alimentação;
  • Baixo custo de manutenção;
  • Baixo ruído.

Gerador

As máquinas deste tipo geram corrente contínua de baixa tensão e são utilizadas para soldar.

Compostas por um motor, com o qual é possível a obtenção de energia mecânica sob a forma de movimento giratório. Esse movimento é transmitido de forma mediana aos eixos comuns ao gerador propriamente dito e permitem obter neste a corrente adequada para soldagem.

Existem dois tipos de máquinas de soldar que e estão caracterizadas por seu sistema de propulsão:

  1. Acionadas por motor elétrico.
    motor-eletrico-gerador
  2. Acionadas por motor a combustão.
    gerador-motor-combustao

Sua característica principal é o tipo de corrente de saída, própria para todo tipo de eletrodo.

Vantagens e desvantagens dos geradores

  • Possuir estabilidade no arco;
  • Dispor de várias polaridades;
  • Ajuste progressivo da intensidade;
  • Em algumas máquinas, pode-se selecionar a voltagem de saída;
  • A maior vantagem das máquinas acionadas por motor à combustão é a possibilidade de soldar em regiões sem energia elétrica.

ATENÇÃO: O uso de geradores com fonte de energia para processos de soldagem está limitado por seu alto custo de aquisição e manutenção.

Envie este artigo para seus amigos!

Add Comment