Login

O que faz o almoxarife? Qual sua função dentro da empresa?

Dependendo da empresa e do tipo de almoxarifado em que você for trabalhar, seu cotidiano pode ser bem movimentado.

Vejamos a seguir, as principais etapas desse trabalho:


Recebimento das mercadorias

Essa atividade é muito importante e o almoxarife deve ter todo o cuidado e atenção ao realizá-la. Quando a mercadoria chega, é preciso desfazer os pacotes e conferir se o que estava no pacote corresponde ao que está descrito na fatura, também chamada de nota fiscal, que é o documento que vem junto com a mercadoria e onde estão descritos quantidades, marcas, pesos, preços e importâncias.

Trabalho do almoxarife

Se os itens relacionados na nota estiverem diferentes (em tipo ou em quantidade) do que chegou nas embalagens, é preciso tomar algumas providências. Caso isso aconteça com você no seu trabalho, comunique o fato ao chefe ou responsável. De preferência, antes de assinar o recibo que vem na nota fiscal.

Além do controle das quantidades e do tipo de mercadoria recebida, é preciso checar também a qualidade dos produtos. Verificar se não estão danificados ou quebrados, se estão na validade correta etc.

Controle de qualidade

É claro que não dá para ver tudo isso assim que chegam as mercadorias, ainda mais se forem muitas caixas. Chamamos essa verificação de controle de qualidade, que pode ser feito ao longo do dia ou da semana, ou na hora de arrumar os produtos nas prateleiras.

Talvez você se interesse por:  Controle de estoque de almoxarifado: conceito geral

Quando encontra itens com algum problema, o encarregado do trabalho os separa e identifica, para avisar ao chefe ou responsável que deverá tomar as providências junto ao fornecedor.

Guarda das mercadorias

Não basta simplesmente guardar os produtos. É preciso que eles estejam em lugares adequados para preservar as suas características. Se um produto necessita de refrigeração e está num local abafado, é bem provável que estrague. Produtos sensíveis ou que se quebram com facilidade não podem ficar embaixo de outros mais pesados.  Esses cuidados são essenciais para a manutenção das boas condições dos produtos. Procure conhecer bem a realidade e as necessidades do almoxarifado de sua empresa.

Controle da movimentação

Para um controle eficiente, não basta registrar as entradas. É fundamental anotar qualquer saída de mercadoria do estoque ou almoxarifado.

Lembre-se

Os produtos guardados no almoxarifado representam investimentos feitos pela empresa para manter seu negócio funcionando e, portanto, custam dinheiro. É preciso mantê-los em condições de gerar lucro.

Diariamente, muitos produtos entram e saem do estoque. Para garantir a eficiência dos controles, é preciso registrar cada movimento. Nunca deixe um produto sair do almoxarifado sem fazer a anotação no lugar apropriado. Essa é uma tarefa que não deve ser deixada para depois, já que você pode esquecer e isso vai ocasionar diferença entre o que está registrado e o que está estocado. Bilhetes e anotações em pedaços de papel também são procedimentos arriscados.

Reposição de mercadorias

Para que nada falte no estoque de produtos ou no almoxarifado da empresa, sempre que uma mercadoria estiver acabando é preciso fazer o pedido de reposição ao setor de compras ou ao fornecedor do material. Um bom serviço de almoxarifado é aquele que sempre tem condições de atender aos demais departamentos ou setores da empresa no que lhe é solicitado. Se um setor faz uma solicitação de um produto ao almoxarifado e este não possui o produto estocado, isso pode prejudicar o trabalho daquele setor, trazendo prejuízos à empresa. É importante que tal fato nunca aconteça.

Envie este artigo para seus amigos!

Um Comentário

  1. Reinaldo Colares Siqueira 28 de março de 2019

Add Comment