Login

Eletrodos: principais tipos e características

O eletrodo é a peça consumível do processo de solda e a mais importante, a escolha do eletrodo correto depende de uma série de fatores, dentre outros: o material a ser soldado, a posição que a solda irá ser realizada e as propriedades da solda desejada.

Existem dois tipos de eletrodo: Eletrodo revestido e sem revestimento.

Eletrodo sem revestimento: É um arame estendido ou laminado. Seu uso é limitado pela alta absorção de oxigênio e nitrogênio do ar e pela instabilidade de seu arco.

Eletrodo revestido: Tem um núcleo metálico, um revestimento a base de substâncias químicas e um extremo não revestido para fixá-lo no porta-eletrodo.

O núcleo é a parte metálica do eletrodo que serve como material de deposição. Sua composição química e sua seleção são feitas de acordo com o material da peça a soldar. O revestimento é um material composto por distintas substâncias químicas.

Funções do revestimento do eletrodo

  1. Dirige  o  arco  e  conduz  a  uma  fusão  equilibrada  e  uniforme.
  2. Cria gases que atuam como proteção e evitam o excesso de oxigênio e de hidrogênio.
  3. Produz uma escória de metal de deposição, evitando o esfriamento brusco e também o contato do oxigênio e do hidrogênio.
  4. Contém determinados elementos para obter uma boa fusão com os distintos de metais.
  5. Estabiliza o arco.

Soldagem a arco elétrico com eletrodo revestido

Soldagem a arco elétrico com eletrodo revestido

Condições de uso do eletrodo

Deve estar livre de umidade e seu núcleo deve ser concêntrico. Um eletrodo úmido poderá causar inúmeros defeitos na solda, trincas ao lado e sob o cordão, porosidade vermiforme, arco instável, respingos abundantes e acabamento ruim. As latas das embalagens de eletrodos ao serem abertas não servem para estocá-los, e, por isso, devem ser armazenados em estufas apropriadas.

Talvez você se interesse por:  EPI obrigatórios para as práticas de oficina: montagem e soldagem

Revestimentos dos eletrodos

Existem três tipos fundamentais

  • Básicos  Que contém em seu revestimento cálcio ou calcita.
  • Rutílico  Que possui alto teor de óxido de rutílio (titânio).
  • Celulósico   Contém mais de 12% de matéria orgânica combustível.

Vantagens e desvantagens de eletrodos revestidos para aço carbono

É o processo de soldagem mais simples disponível. Tudo o que se necessita é de uma fonte de energia de corrente constante, dois cabos elétricos e o eletrodo.

É o processo de soldagem mais flexível para poder ser empregado em qualquer posição de soldagem em quase todas as espessuras dos aços carbono.

As desvantagens são que os eletrodos revestidos apresentam taxas de deposição mais baixas que os outros processos, tornando-os menos eficientes.

Além disso, o uso de eletrodos revestidos para aços carbono requer mais treinamento dos soldadores novos que os processos de soldagem semi-automáticos e automáticos.

Principais tipos de eletrodos e suas características

Principais tipos de eletrodos e suas características

Eletrodos: principais tipos e características
4 (80%) 7 votes

Envie este artigo para seus amigos!

2 Comentários

  1. Carlos vaz 7 de setembro de 2017
  2. CARLOS EDUARDO ROCHA 9 de abril de 2017

Add Comment