Login

Processo e prática de soldagem: movimentos dos eletrodos

Esta denominação compreende os movimentos que se realizam com o  eletrodo à medida que se avança em uma soldagem. Esses movimentos chamam-se oscilação, são diversos e estão determinados principalmente pela classe de eletrodo e posição de união.

Movimento “Zig-Zag” (longitudinal)

soldagem-movimento-zig-zag-longitudinal É o movimento em “zig-zag” que o eletrodo descreve, ao longo do cordão, que se efetua em linha reta. Esse movimento usa-se em posição  vertical ascendente, sobre cabeça e em juntas  muito finas utiliza-se esse movimento para evitar  acumulação de calor e impedir assim que o material  goteje.

Movimento circular

soldagem-movimento-circularUtiliza-se essencialmente em cordões de penetração nos quais requer pouco depósito; sua aplicação é freqüente em ângulos interiores, porém pouco comum para enchimentos ou camadas superiores. Na medida em que se avança, o eletrodo descreve uma trajetória circular.

Movimento semi-circular

soldagem-movimento-semi-circularGarante uma fusão total das juntas a soldar. O eletrodo move-se através da junta descrevendo um arco ou meia-lua, o que assegura a boa fusão das bordas. É recomendável em juntas chanfradas e no enchimento de peças.

Movimento “zig-zag” transversal

soldagem-movimento-zig-zag-transversalO eletrodo move-se de lado a lado enquanto avança. Esse movimento utiliza-se principalmente para efetuar cordões largos. Obtém-se um bom acabamento em seus bordos, facilita a subida da escória à superfície, permite o escapamento dos gases com maior facilidade e evita a porosidade no material depositado. Esse movimento é utilizado para soldar em qualquer posição.

Talvez você se interesse por:  Processos de soldagem: solda MIG MAG

Movimento entrelaçado

soldagem-movimento-entrelacadoEste movimento é usado geralmente em cordões de acabamento, aplicando-se um movimento de oscilação lateral, que cobre totalmente os cordões de enchimento. É importante que o movimento seja uniforme para evitar uma fusão deficiente nos bordos de união.

Processo e prática de soldagem: movimentos dos eletrodos
5 (100%) 3 votes

Envie este artigo para seus amigos!

Add Comment