Instrumentos de medição usados em serralheria

O uso de um instrumento para medir qualquer objeto é fundamental. Desta forma, permite que uma peça seja reproduzida em grande quantidade com a mesma precisão da primeira produzida.


O serralheiro usa determinados instrumentos de medição, como a escala, o metro articulado ou a trena para tomar medidas lineares, quando não há exigência de grande rigor ou precisão.

Veja alguns instrumentos para realizar a medição

Escala

A escala, ou régua graduada, é um instrumento de aço que apresenta, em geral, graduações do sistema métrico (centímetro e milímetro) e graduações do sistema inglês (polegada e subdivisões).

escala-medicao-serralheria

O uso de um instrumento para medir qualquer objeto é fundamental. Desta forma, permite que uma peça seja reproduzida em grande quantidade com a mesma precisão da primeira produzida.

O serralheiro usa determinados instrumentos de medição, como a escala, o metro articulado ou a trena para tomar medidas lineares, quando não há exigência de grande rigor ou precisão. Veja alguns instrumentos para realizar a medição.

As menores divisões, que permitem clara leitura nas graduações da escala, são as de milímetro e 1/32 de polegada. Mas estas últimas, normalmente são apresentadas  em  parte  da  sua  graduação.  São  comercializadas  em  tamanhos diversos, sendo as mais comuns as de 6” (152,4mm) e 12” (304,80mm).

Metro articulado

Os metros são geralmente de madeira, fibra de nylon, aço, alumínio ou latão. Em razão da sua articulação (4 a 12 elementos) só permitem obter medidas aproximadas,  por  causa  da  dificuldade  de  torná-la  perfeitamente  retilínea.  O comprimento  é  geralmente  de  1m  havendo  alguns  com  2m  e  também  são chamados metro em zigue-zague.

Saiba mais  Processos de soldagem: soldagem manual com arco elétrico

metro-articulado

Trenas e escalas enroláveis (trenas)

Compõem-se de uma fita de aço flexível ou fibra de vidro, graduada normalmente   em   milímetros, polegadas ou combinada em milímetros/polegada, com comprimento de até 30m, conforme o tipo, alojada dentro de uma caixa de plástico ou couro. O retorno da fita pode ser  automático, com auxílio de mola, ou manual por meio de uma manivela.

trenas

Paquímetro

Frequentemente necessita-se de medidas com rigor  e precisão, se for exigida uma aproximação da ordem de 1/10 de milímetro, o instrumento que deve ser usado é o paquímetro, também chamado de Calibre Vernier ou Calibre de Cursor.

A aproximação da medida obtém-se por meio de uma graduação especial, o Vernier ou Nônio, gravada numa peça móvel, o cursor. Há diferentes tipos de Vernier, para milímetros e para polegada, conforme a aproximação da medida.

Paquímetro

Os paquímetros são fabricados de aço inoxidável selecionado e tratado termicamente. As superfícies de medição são microlapidadas e as superfícies de leitura são cromadas em fosco com traço e caracteres em cromo preto, o que confere longa vida útil ao instrumento.

Como se mede com o paquímetro

A figura abaixo indica como segurar a peça e o instrumento. A pressão do polegar contra o impulsor deve ser suave para que o encosto móvel dê contato com a peça, sem ficar forçado.

Como se mede com o paquímetro. Utilização do paquímetro

leitura-paquimetroleitura-paquimetro-1

Características de um bom paquímetro

1) Ser de aço inoxidável.
2) Ter graduação uniforme.
3) Apresentar traços bem finos, profundos e salientados em preto.
4) Cursor bem ajustado, correndo suavemente ao longo da haste.
5) Encostos bem ajustados. Quando juntos não pode haver folga entre eles.

Saiba mais  Prática de soldagem 3: Junta de topo reto (fechado) passo simples

Qualquer empeno pode prejudicar a medida.

Principais usos do paquímetro

Condições para medir

  • O contato dos encostos com as superfícies da peça deve ser suave.
  • Manter sempre o instrumento em posição correta, qualquer inclinação pode alterar a medida.
  • Antes da medição, limpar as superfícies de encosto e as faces de contato da peça.
  • Medir a peça na temperatura normal. O calor pode dilatá-la e alterar a medida.

Conservação do paquímetro

  • Manejo cuidadoso, evitando quedas.
  • Evitar choques e contato com as demais ferramentas.
  • Evitar riscos nos entalhes graduados.
  • Não pressionar o cursor ao fazer uma medição.
  • Aferir  esporadicamente  o  instrumento,  comparando  o  resultado  de  sua medição com outra medida padrão ou rigorosa.
  • Manter o instrumento em estojo próprio.
  • Limpeza e lubrificação após o uso.

Add Comment